[Resenha] Não entre em Pânico (O guia do mochileiro das galáxias)

quarta-feira, 24 de julho de 2013




Título: Não entre em pânico (Volume Um da Trilogia de Cinco)
Título Original: Don't Panic
Série: O guia do mochileiro das galáxias
Autor: Douglas Adams
Páginas: 156 (Edição econômica)

Sinopse:
Esse é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.

A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.

Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, só não diverte como também faz pensar.

     Comprei a edição econômica da série, e não achei de má qualidade, mas claro que a edição normal é bem melhor. As principais diferenças são: o tamanho da fonte e espaçamento das linhas, os términos e inícios dos capítulos são na mesma página, não há aquela habitual troca de página, fora que também não há aquelas abas na capa, mas isso é bem comum em edições econômicas.
      Para saber um pouco mais da história do livro e ler um trecho, visitem o site da Editora Arqueiro.

     O livro é diferente de tudo o que já li, e também diferente do que eu esperava, mas adorei a leitura! A história tem muita, mas muita "bobagem", mas é muito divertida. Possui cálculos e teorias totalmente sem sentido e fisicamente impossíveis (pelo menos por enquanto :x ).


      O livro começa com Arthur Dent em sua casa, que descobre que está prestes a ser demolida para a construção de uma via expressa. Para impedir a demolição da casa, ele se deita na frente dos tratores, os impedindo de avançar. Porém, o que ele não sabia, aliás, nenhum terráqueo sabia, a não ser Ford Prefect, é que a Terra seria destruída dentro de algumas horas pelos Vogons, para a construção de uma via expressa hiperespacial, irônico, não?

      Arthur consegue escapar da destruição da Terra graças a seu amigo Ford Prefect, o qual Arthur não tinha a menor ideia de que na realidade era um extra terrestre vindo de um planeta perto de Betelgeuse, que acabou ficando preso na Terra durante os últimos 15 anos, quando veio fazer uma pesquisa de campo para "O guia do mochileiro das galáxias". Os dois conseguem pegar carona em uma nave Vogon, mas quando são descobertos, são expulsos da nave em pleno espaço, e por muita sorte e uma chance em duas elevado a 276.709, são salvos pela nave "Coração de Ouro" onde encontram Zaphod Beeblebrox, Trillian e Marvin,  e a partir daí, só se metem em enrascadas.

     Durante a história, há várias passagens do guia do mochileiro das galáxias que, resumidamente, tem tudo sobre todos os assuntos da galáxia, e é um ótimo guia para quem quer ver as maravilhas do universo por menos de 30 dólares altairianos por dia.

      Um fato que achei interessante e engraçado, foram as utilidades da toalha descritas pelo guia. As que achei melhores foram: Você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode usá-la como vela para descer uma minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la em um combate corpo a corpo; e naturalmente, pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

      Outro fato que achei legal, é quando eles vão para um planeta chamado Magrathea, neste planeta, eles constroem outros planetas sob encomenda, foram eles quem construíram a Terra a pedido dos... Bem, não direi de quem pra não dar spoiler. Mas achei bem interessante o autor inventar algo para explicar como eles conseguem construir um planeta em outro planeta, mas não bem dentro do planeta, pois é grande demais, sim é confuso!


     Esse primeiro livro da série foi adaptado para filme em 2005, porém ainda não tive a oportunidade de assistir, mas pretendo assistir e fazer uma comparação. Já me disseram que o filme não explica várias coisas que há no livro, mas isso é normal, como em diversas outras adaptações.


     Gostaram da resenha? Então pegue a sua toalha e vamos nos divertir nas viagens malucas de Douglas Adams pelo universo.

7 comentários :

  1. Gostei da resenha, Até eu que não costumo ler me interessei pelo livro, parece bém legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom =P
      Comece a ler então, vai gostar xD

      Excluir
  2. Sempre vejo essa série em promoção! Morro de vontade de ler, dizem que um tanto quanto doidinha, mas que vale super apena.

    Bjs
    http://www.partesdeumdiario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a série é bem doidinha mesmo xD
      Atualmente estou lendo o terceiro livro, e estou achando bom, porém as vezes a gente se perde um pouco se não prestar atenção xD

      Excluir
  3. Ótima dica!
    Adorei
    Blog maravilhoso, amei
    http://meumundorosapynk.blogspot.com.br/
    Beijocas

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...